Nascida para ser Selvagem

Muito além do que só uma moto! É um estilo de vida.
Senhoras e senhores! Harley Davidson!
1903! Em Milwauke, Bill Harley e seus dois amigos Arthur e William Davidson criaram sua primeira motocilceta em um barracão nos fundos de casa, onde até hoje se encontra o prédio da Harley Davidson.Durante a 1ª Guerra Mundial, um soldado americano e sua HD equipada de um sidecar foram os primeiros a invadir o território alemão. Pancho Villa foi eliminado por Black Jack, que veio montado em uma HD.

 A paz se estabeleceu e a HD voltou as pistas em 1921 e se tornou a promeira equipe a vencer uma prova de velocidade a mais de 100milhas/hora.
Durante a Grande Depressão as vendas cairam 20%. Isto fez com que a empresa desenvolvesse uma maneira de reaquecer suas vendas. Mudaram a cor tradicional, verde oliva, para combinações varidas nos tanques e nos paralamas. Isto para e época foi uma grande revolução.
Novamente o confronto exigiu mais da HD. Pearl Harbor se passou, a 2ª Guerra Mundial também se foi, e a HD se especialou em construir motos militares. Com a andeira branca levantada, os ex-militares começaram a comprar as HDs para retomar o velho espírito lutador, mas agora como civis.
Levada ao cinema por Marlon Brando no filme “The Wild Ones” a HD e seu estilo de vida torou-se ainda mais popular, porém uma imagem foi transmitida a ela, de que seus proprietários são sempre bandidos, beberrões e etc. No auge da cultura POP da época a HD foi comprada pela “AMF” que tinha um postura de qualidade muito inferior as raízes da HD. Consumidores fiéisda HD fazim protestos nas fábricas, muitos derramaram lágrimas ao ver que a “AMF” tinha associado sua logo junto a HD nos tanques das motos.
Anos 70. A HD teve suas vendas de 15.000 motos por ano para 75.000 unidades/ano. Um volume ótimo para a época, mas a qualidade estava em baixa. Vários modelos já saiam da fábrica vazando óleo. Proprietários já saiam para comprar suas HDs carregando consigo um kit de ferramentas, pois após algumas milhas um problema ou outro aparecia. Um diretor da HD chegou a dizer que não importava se eram boas ou ruins, o que importava era vender!

Em 1980, muitos acionistas desgostosos com a polita da “AMF” forçaram a mesma a venda as ações para o mercado. Feito isto William G. Davidson, neto de William  Davidson e mais 12 executivos recuperaram o que já era seu, o controle da Harley-Davidson. De lá para cá a HD veio se consolidado como um estilo de vida.
Grande parte do preconceito do passado já havia esaparecido e a HD começou ser tema cultural para cineastas, músicos, atores, pintores e até criadores de HQs.
Talvez o casamento mais perfeito seja uma HD e a música “Born to be Wild” do Steppenwolf, um momento eternizado no filme  “Easy Rider” de 1969 que contava com: Jack Nicholson, Peter Fonda r Dennis Hopper( que dirigiu o movie).
A Revista Time elegeu “Easy Rider” como um dos dez filmes mais importantes da época.
Peter Fonda comprou 4 motos de um leilão da polícia, elas eram Harleys equipadas com motor “Panhead”, uma 1950, duas 1951 e uma 1952. Com a ajuda de Cliff Boss, foram montadas duas motos de cada. Fonda foi responsável pelo desenho da Capitão América, para o qual se baseou no estilo das motos californianas da época.

A moto de Hopper que não tinha experiência em motos deste estilo, teve seu guidão mais baixo e freio na roda dianteria para facilitar sua pilotagem e minimizar o risco de acidentes.

Fonda também se encarregou de testar as motos, inclusive tendo problemas em Los Angeles quando foi parado por policiais que não gostaram da bandeira dos Estados Unidos estampada no tanque da moto de um desocupado.Tex Hall e Dan Haggerty, com o apoio dos Hell’s Algels, foram os responsáveis pela manutenção das motos durante as filmagens.No final das gravações, quando as motos estavam sendo guardadas em uma garagem, ladrões roubaram uma Capitão América e as duas Billy Bikes, restando apenas a moto usada no acidente da cena final do filme. Como o orçamento era muito curto, não havia nenhuma publicidade sobre as filmagens e provavelmente os ladrões só deram conta do que roubaram quando as motos já tinham sido totalmente desmontadas. É, lá também tem disso.

Fonda e Hopper tinham a intenção de manter suas motos como forma de recordação, e promoção do filme. Dan Haggerty remontou a Capitão América restante após o acidente e a manteve até 1996, quando foi a leilão, estando hoje no “Alamo Car Museum” em New Braunfels, Texas.
Além dos filmes, a HD teve outros divulgadores que ajudaram a imortaliza-la. O Hells Angels talvez seja o MC(Moto Club) mais famoso do mundo, independente do motivo, que ajudou a tornar a HD uma lenda.

Uma boa fonte de informação sobre a HD e os Angels pode ser estudada no livro “Hell’s Angels – Medo e delírio sobre duas rodas” de Hunter S. Thompson.

 Independente de todos os pontos de vista e históricos, nada resume melhor a Harley Davidson esta frase:

” É uma obra de arte sobre duas rodas”, diz Willie G. Davidson, contemplando um moto modelo 1949 no canto de seu estúdio, fabricada no período em que seu pai era o presidente da empresa.

Fontes de pesquisa:

Mamutes MC
Motos Antigas

Harley Davidson Brasil

Anúncios

2 comentários em “Nascida para ser Selvagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s