Steve jobs

Créditos da imagem: Paul Sakuma

“Steve Jobs nasceu em 1955 na Califórnia. Sempre quieto e introspectivo, conseguiu um emprego na Hewlett-Packard no começo da década de 70. Foi lá que ele conheceu Steve Wozniak, um “crânio” da informática na época.

Juntos eles começaram a desenvolver o Apple I no quarto de Jobs. Já o protótipo foi feito na garagem. Para começar a Apple, em 1976, Jobs e Wozniak venderam dois dos seus mais preciosos pertences: um micro-ônibus da Volkswagen de Jobs e uma calculadora científica HP de Wozniak.

A primeira revolução foi essa: reduzir o tamanho dos computadores. O Apple I foi extremamente bem recebido por seu novo conceito.

Em três anos, Jobs conseguiu contatos, confiança, trouxe pessoas experientes de outras empresas para a diretoria da Apple e conseguiu um crescimento de 700%. As ações da empresa passaram a ser valorizadas e novos projetos foram tocados.

Em 1986, nova revolução. A Apple anuncia o Macintosh, o primeiro computador com interface gráfica de sucesso.

Porém, incoerências de sistemas e falhas de desenvolvimento prejudicaram a imagem da empresa. Para evitar a falência, foi iniciado o projeto do Macintosh no mesmo estilo “garagem” que marcou o começo da empresa.

Dentro da Apple, por “intriga da oposição”, Jobs foi gradativamente sendo afastado das decisões da empresa. Sentindo que não podia executar nada na Apple, Jobs vendeu sua parte do negócio, arrecadou cerda de US$ 20 milhões e, abatido, viajou pela Europa, onde decidiu abrir uma nova empresa, a NextStep. Primeiro, focou em hardware, mas depois virou sua atenção para software e, com o sucesso de seus sistemas, recebeu uma proposta de compra da NextStep por parte da Apple. O negócio foi finalizado em 1996. Jobs conseguiu voltar ao topo da empresa dois anos depois.

Desde então, os produtos da Apple são marcados por designs inovadores. Recentemente, a Apple voltou suas atenções para aplicativos digitais. Veio o Ipod, tocador de músicas portátil; o iTunes, tocador de mídia e gerenciador de iPods; e a loja virtual para aquisição de MP3, a iTunes Store.”¹

“Saída da Apple

Em 1985, Jobs foi forçado a deixar a Apple pelo conselho de administração da empresa, e fundou uma outra empresa de computadores, a NeXT. Em 1986, comprou a Pixar da Lucasfilm, que anos mais tarde ficou famosa por uma nova linguagem de animação 3D para desenhos animados. Na década de 1990, a Pixar sob liderança de Steve Jobs produziu o primeiro filme infantil animado na sua totalidade por computador, Toy Story. Hoje a Pixar é um dos maiores estúdios de filmes animados do mundo, ao lado da Disney.
[editar]
Retorno

Walter Mossberg e Kara Swisher entrevistam Steve Jobs e Bill Gates na conferência ‘D5: All Things Digital’, no Silicon Valley, em 2007.

Em 1996 a Apple, que estava desenvolvendo um novo sistema operacional, comprou de Steve Jobs a NeXT Computer para poder utilizar o NeXTStep como base para o seu novo sistema operacional. Com esta operação Jobs retornou para a Apple – que estava numa situação financeira frágil e a ponto de fechar – em 1997 como consultor. A companhia foi salva a tempo com a venda de 40% das ações a rival Microsoft, com uma idéia e um produto criativo de impacto introduzindo o iMac em 1998 com o novo sistema operacional o Mac OS 9. Com o passar dos anos a Apple readquiriu as ações da Microsoft que evitára sua falência.

Depois do sucesso de vendas dos primeiros iMacs, preparou uma nova revolução, a de refazer o famoso Mac OS, criando uma nova e poderosa plataforma que uniu o poder e a estabilidade do sistema Unix com a praticidade e elegância do tradicional Mac OS. Em 2000 foi lançado o Mac OS X.

Sob a orientação de Jobs, a Apple aumentou suas vendas significativamente depois destas inovações implantadas por ele e sua equipe. O iMac foi o primeiro computador introduzido no mercado com várias características avançadas, principalmente pelo seu design inovador e pelo material utilizado, basicamente o plástico translúcido e colorido, o que decretou a morte da cor padrão para PCs (o bege), e a partir de então muitos deles passaram a usar este tipo de material nos produtos de informática em geral. Desde então, Jobs vem trabalhando muito em idéias criativas deste nível e obtendo sucesso de vendas com elas.

Uma de suas inovações foi ramificar a Apple para além de seu mercado restrito da informática, passando a atuar na área de eletrônica, telecomunicações (iPhone) e músicas digitais (AAC e MP3), com a introdução em 2001 do tocador portátil de música iPod, integrado com sua loja de venda legal de música pela internet através do iTunes, um software dedicado para reprodução de áudio, vídeo, CDs e de rádios online. O iPod conquistou o público por sua leveza, praticidade, modernidade e simplicidade.

Em 2007 a Apple passou a comercializar telefones celulares, chamados de iPhone, com tecnologia de toque (batizada de multi-touch); em 2008 lançou a versão de tecnologia 3G do aparelho, iPhone 3G, e mais recentemente o novo iPhone 3gs (speed) ,que foi lançado em julho de 2009, com comando de voz e muito mais rápido que os modelos anteriores.
[editar]
MacWorld

Steve Jobs fazia anualmente palestras emblemáticas (Keynotes), nas MacWorlds, quando lançava suas tão esperadas ideias para a Apple (e o público se frustrava muito quando não havia novidades convincentes nestes eventos da Apple). Jobs e seus parceiros apresentavam as novidades que a empresa lançaria em cada temporada. Muitas dessas novidades acabavam se tornando tendência de mercado. A MacWorld sempre foi considerada uma verdadeira “Meca” para macmaníacos do mundo inteiro.

No final de 2008, a Apple declarou que a MacWorld 2009 seria a última de que a empresa iria participar. Nesta edição do evento, Phil Schiller, vice-presidente de marketing de produtos da Apple na época, foi o palestrante oficial.
[editar]
Rivalidades

A rivalidade de Steve Jobs com Bill Gates, ex-presidente e dono da Microsoft, já é elemento cultural do setor. Essa disputa pode ser conferida no filme produzido pelo canal de TV a cabo TNT, “Pirates of Silicon Valley”, que aborda a biografia deles e das suas empresas, algumas vezes de forma exagerada. Podemos ver a disputa que existia entre eles e suas respectivas empresas muito antes de serem os icones e “idolos” que são hoje. Apesar de tudo, atualmente vieram a ser bons amigos e empresas parceiras.
[editar]
Pixar e Disney

Em 1986, Jobs comprou da Lucasfilm um estúdio de computação gráfica, o Pixar Studios, por 5 milhões de dólares. Com uma parceria estratégica com a Disney criou, produziu e lançou vários filmes em animação 3D de sucesso, tais como o Toy Story, Procurando Nemo, Ratatouille e o mais recente “Up, Altas Aventuras”. Com a compra dos estúdios Pixar pelo grupo de comunicação e entretenimento Walt Disney, Jobs se tornou o maior accionista individual da Disney, onde agora deverá ocupar também um posto no conselho directivo, segundo uma nota divulgada pela empresa compradora no dia da compra, em Janeiro de 2006.”²

Mas mesmo com tanto sucesso e empenho, alguns “bugs” podem acontecer…

[Fontes do texto: Baixaki¹ Wikipedia² ]
[Imagem: Google imagens]

2 comentários em “Steve jobs

  1. Olá, Fábio! Esse post me fez lembrar uma postagem minha (Fev/2010) sob o título "Um Pouco de Jobs". Na verdade, foi só um pouco diante de tanto que ainda pode ser dito, inclusive você, se estendeu de forma muito pertinente nesta publicação, a qual li de ponta à ponta. Caso queira conferir, segue link:http://leitorescinefilos.blogspot.com/2010/02/um-pouco-de-jobs.htmlÀ época, eu costumava bater as fotos dos meus posts com meus óculos do lado…Seu Blog, para mim, é como se fosse um Almanaque, pois tenho vontade de folheá-lo e lê-lo com atenção. Neste espaço, me sinto em casa. Abraço.

Deixe uma resposta para Fabio Cequinel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s