“Síndrome de Burnout: saiba o que é”

Burnout “Quem nunca se sentiu sem vontade de levantar da cama para ir trabalhar, exaustão emocional, perda do entusiasmo pelas atividades laborais, irritação, falta de paciência com os colegas de trabalho e desmotivação. É preciso ficar atento, pois a constância desses sintomas pode ser mais grave do que você imagina. Até que ponto você é capaz de trabalhar sob pressão?

O esgotamento das pessoas, causado por sua ocupação ou atividade profissional é uma situação cada vez mais comum, e vem recebendo da psicologia e medicina o nome de “Síndrome de Burnout, chamado de esgotamento no trabalho.

O indivíduo acredita ser incompetente para exercer suas atividades e não valoriza sua produtividade.

Quem é acometido por essa síndrome também fica vulnerável a problemas que prejudicam a saúde física como: enxaquecas; insônia; dermatites e até problemas cardiovasculares.

Muitos profissionais que sofrem da síndrome de burnout atuam em empresas que: predominam normas extremamente rígidas; não abrem espaço para a tomada de decisões e os desafios apresentados são em excesso, sem que sejam dadas condições para que os funcionários atinjam suas metas. Caso os responsáveis por cada área identifique sintomas estressores que contribuam para esse mal. Deve-se conversar com seus superiores para que o problema não caia no “esquecimento” e, dessa forma, sejam adotadas iniciativas para ajudar o colaborador a enfrentá-lo.”

Por: Fernanda Lage
Fonte: Bemstar
Imagem: Google Imagens

Technorati Marcas: ,

2 comentários em ““Síndrome de Burnout: saiba o que é”

  1. Eu tive isso no 3° ano da faculdade de Agronomia, na UTFPR de Pato Branco, porque aqueles professores são uns doentes! Foi horrível, acabei desenvolvendo sídrome de pânico e fobia social, e cheguei a pesar 47 kg.E ainda tem muita gente que chama isso de frescura! Eu escutei muito isso!

  2. Obrigado por compartilhar Carola.Essa Síndrome atinge muito mais pessoas do que se tem registros. O problema é que a pessoa que tem os sintomas, na maioria das vezes não leva muito a sério e acaba deixando isso passar, mas com o tempo a tendência é de que piore muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s